PREFEITURA DE SEROPÉDICA INVESTE NA COLETA SELETIVA

coleta-seletivaA Coleta Seletiva consiste em um processo de recolhimento e separação de resíduos descartados. Durante este processo os materiais que podem ser reciclados são separados do lixo orgânico (frutas, verduras, restos de carne e outros alimentos), geralmente os resíduos orgânicos são descartados em aterros sanitários ou utilizados para a fabricação de adubos orgânicos, já os materiais recicláveis são separados por tipos, tais como, papéis, plásticos, metais e vidros. Existem indústrias que fazem a reutilização destes materiais para a fabricação de matéria-prima ou mesmo de outros produtos.

Por meio da Secretaria Municipal de Ambiente e Agronegócios (SEMAMA), a Prefeitura de Seropédica está investindo neste tipo de ação, em parceria com a empresa Ciclus e a Cootraser (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Seropédica Ltda). Inicialmente a administração municipal pretende implantar este tipo de ação no bairro Boa Esperança, através de cartilhas educativas a SEMAMA já está instruindo os moradores da região a respeito dos conceitos da Coleta Seletiva.

Instalaremos cinco ‘Ecopontos’ nos locais de maior circulação de pessoas, todos serão fechados com telas, cabe à população nos ajudar descartando seus resíduos de forma correta. Há alguns anos tínhamos em Seropédica um ‘lixão’ a céu aberto onde atuavam vários ‘catadores’, atualmente o ‘lixão’ foi extinto e temos um aterro sanitário que atua de forma ecologicamente correta. Os 62 ‘catadores’ que trabalhavam no antigo ‘lixão’ hoje são recicladores, graças à Prefeitura de Seropédica”, afirmou Ademar Quintella, secretário de Ambiente e Agronegócios.

dsc_0388Ainda segundo o secretário, vale destacar que foi criado em Seropédica um Comitê Intersecretarial, que conta com o apoio do INEA (Instituto Estadual de Ambiente) e envolve as secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável; Assistência Social e Direitos Humanos; Serviços Públicos; Saúde e Defesa Civil; Educação, Cultura e Esporte, além da própria SEMAMA. Ademar também afirmou já estar em processo de licenciamento um galpão de Coleta Seletiva, cedido pela Prefeitura à Cootraser em regime de comodato.

As questões ambientais devem ser trabalhadas de maneira coletiva, por isso criamos o Comitê Intersecretarial. A secretaria de Serviços Públicos, por exemplo, é a responsável por realizar o transporte dos resíduos e levar os recicladores aos ‘Ecopontos’ para fazerem a coleta, a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos está cadastrando os ‘catadores’ que não atuam em Cooperativas, as secretarias de Saúde e Defesa Civil e de Educação, Cultura e Esporte atuarão de forma conscientizadora, a Saúde utilizará os Agentes Comunitários de Saúde para informar a população, já a Educação intensificará conceitos de Educação Ambiental na mentalidade dos alunos, a secretaria de Planejamento auxiliou a SEMAMA na concepção do projeto. Dessa forma atuaremos em diferentes áreas em prol de um objetivo comum”, declarou o Prefeito Martinazzo.