MOSTRANDO SEROPÉDICA PARA O MUNDO

Martinazzo recebe marinheiro que hasteou bandeira municipal na Antártida

 

Há oito anos na Marinha, nascido e criado no bairro Jardim Maracanã, o ex-aluno da Escola Estadual Municipalizada1 Bananal Jonei Ribeiro, atualmente Cabo da Marinha, despertou a curiosidade do Prefeito Martinazzo ao hastear a bandeira de Seropédica na Antártida, no polo sul, onde cumpria uma missão pela Marinha do Brasil embarcado no Navio Polar de Apoio à Pesquisa Científica Almirante Maximiano. Após visualizar esta imagem o Prefeito se interessou em conhecer o jovem de apenas 26 anos, e esse encontro inusitado aconteceu na tarde da última quarta-feira (15).

A Antártida é uma região de quatorze milhões de metros quadrados, trata-se do continente mais frio, mais seco, com a maior média de altitude e de maior índice de ventos fortes do planeta. O Prefeito Martinazzo, bastante interessado em conhecer a realidade do continente antártico e a história de vida do Cabo Jonei, como é chamado nas dependências da Marinha do Brasil, fez uma série de perguntas ao jovem.

A história de vida desse jovem é impressionante, e deve servir de exemplo para nossa juventude, por isso nós o convidamos para dar uma palestra em uma de nossas unidades educacionais, com o intuito de incentivar nossas crianças a estudarem e lutarem por seus objetivos, felizmente ele aceitou o convite”, comemorou o Prefeito Martinazzo.

Segundo Jonei o Navio Polar Almirante Maximiano conta com 70 militares, e 30 pesquisadores de instituições federais de ensino e pesquisa científica, que são selecionados a partir da aprovação de seus projetos. Ele ainda disse que entre 2014 e 2015 o navio atendeu a 13 projetos, de 120 pesquisadores.

O Cabo Jonei ainda ressaltou que sua responsabilidade na embarcação é “cuidar” da carta náutica, traçando rotas e verificando o seguimento destas trajetórias, além de auxiliar na supervisão e manutenção de cinco laboratórios de pesquisas do navio, que também conta com dois guinchos, sendo um geológico e um oceanográfico, que podem chegar a 8000 metros de profundidade.

Resolvi erguer a bandeira da minha cidade para demonstrar minhas origens e fazer com que o mundo conhecesse Seropédica, além de despertar em todos à curiosidade pela Antártida, que é um continente fascinante. Na Antártida cada dia é uma surpresa, podemos acordar com calmaria ou com ventos que podem chegar a 120 quilômetros por hora e ondas de cinco a sete metros, a fauna também é impressionante, vemos a todo tempo focas, pinguins, baleias e leões marinhos. Desde pequeno sempre sonhei com a carreira militar, ingressei em 2007, pela Escola de Aprendizes de Marinheiros do Espírito Santo, mas nunca imaginei que viveria essa experiência”, disse Jonei Ribeiro.