CINESOLAR APRESENTA FILMES SOBRE SUSTENTABILIDADE EM SEROPÉDICA

Seropédica foi o primeiro município do país a receber o projeto Cinesolar, primeiro cinema móvel do Brasil que utiliza energia solar para exibir filmes

A segunda edição nacional do projeto Cinesolar, primeiro cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar, foi aberta no último dia 27 (segunda-feira) em Seropédica, com a apresentação dos longas-metragens, O Palhaço, de Selton Mello, e, O Menino no Espelho, de Guilherme Zenha. O local escolhido para a sessão gratuita de cinema foi o Anfiteatro Gustavo Dutra, localizado no Pavilhão Central da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Os alunos da Rede Municipal de Ensino de Seropédica assistiram a exibição dos filmes, já os alunos dos 4° e 5° anos do Centro de Atenção a Criança e ao Adolescente (CAIC) Municipal Paulo Dacorso Filho participaram também de uma oficina de produção audiovisual.unnamed

O Cinesolar, que é patrocinado pela empresa Votorantim Cimentos, é um veículo equipado com placas que permitem converter energia solar em elétrica, proporcionando a exibição de filmes e apresentações artísticas para o público. “O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar o campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, explica Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do CINESOLAR.

Cynthia Alario elogiou a organização e recepção do município ao projeto, e explicou que a ideia do CINESOLAR é democratizar e ampliar o acesso ao cinema brasileiro para os lugares que não têm salas de cinema comerciais ou apresentem carência de equipamentos culturais.

A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Seropédica Lúcia Baroni, agradeceu a UFRRJ por sempre abrir suas portas ao Município, à Votorantim Cimentos e a equipe do CINESOLAR por presentear seropédica com a participação no projeto. “A democratização cultural está presente de forma marcante em nossa gestão. O panorama atual dos equipamentos culturais em nossa cidade é bastante amplo. Em breve teremos a inauguração do CCS/EMA (Centro Cultural Seropédica / Espaço Municipal de Artes) que disponibiliza um leque de atividades culturais. Queremos proporcionar o acesso à cultura e a equipamentos culturais a todos”, declarou.