SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE FIRMA PARCERIA EM PROL DA AGRICULTURA MUNICIPAL

DSC_0826Algumas regiões da cidade de Seropédica contém áreas consideradas de baixa fertilidade, devido ao fato de ao longo do tempo estas não terem sido aproveitadas para o desenvolvimento da agricultura.

A Prefeitura de Seropédica juntamente com a UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) e a Ambev (Companhia de Bebidas das Américas), estão realizando experimentos de aplicação de resíduos nestas áreas, resíduos estes fornecidos pela Ambev. Esses experimentos são coordenados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócios (SEMAMA).

Durante a última semana, o Subsecretário de Agricultura e Agronegócios, Júlio Cicarino, em representação ao Secretário de Meio Ambiente e Agronegócios, Ademar Quintella, esteve, juntamente com um representante da UFRRJ, o Professor de Fertilidade do Solo e chefe do Departamento de Solo da Instituição, Luís Freire, visitando algumas áreas do município que estão sendo submetidas às experiências citadas acima.

Segundo o Professor esse procedimento proporcionará um benefício muito grande a esses espaços, principalmente às pastagens, também conforme o Docente, a UFRRJ utilizará o projeto para realizar pesquisas de solo, avaliando a eficácia dos processos a que o terreno fora submetido. Os resultados dessas avaliações serão divulgados através da divulgação de pesquisas acadêmicas.

Através de um exame realizado na área em questão são feitas análises de produtos que potencialmente poderiam ser utilizados, comprovando-se à inexistência de materiais tóxicos ao ambiente, os produtos testados são aprovados para uso. Após esta aprovação é preciso definir qual quantidade deve ser aplicada, as aplicações são realizadas no solo de 10 a 20cm e de 20 a 40cm de profundidade, posteriormente à aplicação dos produtos é efetuado o plantio na área. Periodicamente, em um intervalo de 3 meses, realizam-se novas coletas de amostras do solo, para continuar efetivando o controle da área.

Os benefícios que podem ser obtidos pelos agricultores são os incentivos direcionados a eles pela SEMAMA. O agricultor receberá os produtos, bem como suas devidas aplicações, de maneira completamente gratuita. A Ambev será o órgão responsável pelo transporte dos produtos e a obtenção dos resíduos trata-se de um processo já em andamento.

Esta é uma medida de extrema importância para o município, pois a iniciativa promove o desenvolvimento agrário, além de incitar agricultores já atuantes a ampliarem suas áreas de plantio, o que consequentemente influencia o padrão econômico da cidade.

Texto: Hudson Glória

Fotos: Brunno Rangel