PREFEITURA DE SEROPÉDICA INTENSIFICA AÇÕES DE COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI

Seropédica aposta em parceira da Prefeitura com a população para a redução dos índices da doença

 

Com o objetivo de minimizar o impacto do Aedes Aegypti sobre o município, a Prefeitura de Seropédica, através da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) se prepara para lançar o Projeto ‘Meu Bairro sem Dengue’, baseado na Mobilização Social, juntamente com as Secretarias de Obras, de Serviços Públicos, de Ambiente e Agronegócios, de Educação, Cultura e Esporte e de Comunicação, Turismo e Eventos, como também parcerias com Associações de Moradores, Empresas e Comércios.

A parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (SMECE) e a SMSDC se justifica na ação de mobilizar alunos da rede municipal de Ensino a atuarem como multiplicadores de medidas simples e rotineiras de combate aos focos do mosquito, além de disseminarem ações de que promovam a mudança de hábitos culturais, a médio e longo prazo. A parceria deve orientar o comportamento preventivo, promovendo a participação de toda a comunidade escolar e familiar dos alunos.

O Projeto visa promover através de ações educativas o esclarecimento da população com materiais informativos de prevenção e controle do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zica. “Só conseguiremos acabar com o Aedes Aegypti se a população fizer a sua parte, não podemos deixar em nossas casas recipientes que possam acumular água e consequentemente virar um criadouro de larvas do mosquito”, disse o secretário de Saúde, Dr.º César Cilento.

O projeto conta com ações dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, que realizam visitas as residências a cada dois meses, onde o principal objetivo é buscar a participação da população no Combate ao mosquito. “Existem ainda as equipes de Ponto Estratégico, que visitam as borracharias, ferros velhos e locais com grande concentração de materiais, como depósitos, para aplicarem inseticida; e a equipe de UBV que, nos casos confirmados de uma das doenças, realiza bloqueio, seguindo a Nota Técnica do Estado com Diretrizes do ministério da Saúde com aplicação de inseticida”, informou Wagner Teixeira, diretor de Vigilância em Saúde.

O prefeito Martinazzo destacou a importância das ações de combate ao mosquito transmissor e lembra que o governo municipal está engajado para evitar uma epidemia. “Estamos nos preparando para lançar o Projeto Meu Bairro Sem Dengue, que tem o objetivo de conscientizar e informar a população sobre as formas de combater o mosquito Aedes Aegypt, e quais procedimentos devem ser tomados para evitar que haja a proliferação do inseto”, disse o prefeito.

Segundo a secretária de Educação Cultura e Esporte, Lúcia Baroni, a educação é a base para qualquer mudança de postura. “Há sempre espaço para a intervenção pedagógica e educativa nos problemas de saúde com perfis epidemiológicos, informação é a chave do processo e a participação da escola é fundamental. Nossa pretensão é que nossos educandos repassem seus conhecimentos aos pais e familiares, para juntos eliminarmos possíveis focos do Aedes Aegypti em suas casas. Só com o apoio da educação podemos mudar o hábito das pessoas”.