CATADORAS DE SEROPÉDICA PARTICIPAM DO PROJETO “RECICLANDO IDEIAS”

Ao pensarmos em sustentabilidade a reciclagem é sem dúvida o primeiro pensamento que nos vem à mente. É com esse propósito que o projeto “Reciclando Ideias” busca proporcionar maior qualidade de vida aos catadores, dando-lhes condições mais dignas de trabalho. Partindo desse princípio, a Prefeitura de Seropédica, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), em parceria com as Secretarias de Ambiente e Agronegócios (SEMAMA), e de Saúde e Defesa Civil (SMSDC), idealizou este projeto.

DSC_0091Fizemos uma visita a COOTRASER (Cooperativa de Catadores de Seropédica) e perguntamos o que eles precisavam para desenvolver seu trabalho. Todos falaram que precisavam de Cidadania, então fizemos o 1º momento, que foi sobre o problema com os filhos, o 2º momento foi sobre a rede sócio-assistencial, o 3º momento foi sobre a RAPS (Rede de Atenção Psíquico Social) e o 4º momento está sendo esta Culminância, onde as catadoras estão participando do ‘Dia da Beleza’”, destacou Ana Helena (Coordenadora de Prevenção à Dependência Química e Políticas Públicas).

A Secretaria de Ambiente e Agronegócios tem orientado as catadoras a respeito do reaproveitamento de garrafas pet, garrafas de vidro e latas de alumínio, influenciando-as até mesmo no que diz respeito a geração de renda, através da venda de produtos confeccionados por meio de objetos recicláveis.DSC_0360 - Copia

Nossas ações são pontuais, marcadas nos dias que elas têm disponibilidade, estaremos realizando outras ações que ainda serão agendadas, avaliaremos quem não tem cartão do SUS, por exemplo, para estarmos promovendo um curso de reciclagem com artigos reutilizáveis. Disponibilizamos toda orientação possível e buscamos resolver outras demandas para as cooperadas, auxiliando-as no que for necessário. A Secretaria de Ambiente e Agronegócios disponibilizou até mesmo um veículo para transportá-las, estaremos acompanhando todo o trabalho”, disse Fabiana Silva, coordenadora de Educação Ambiental.

A união de várias Secretarias em prol de um ideal comum foi ressaltada pela Assistente Social Fabíola Ramalho, que representou a Coordenadora do CAPS, Jamila Barros, que é quem representa a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil frente à parceria.

DSC_0094Hoje está acontecendo uma atividade intersetorial, são várias Secretarias unidas em torno de um objetivo, trabalhando com autonomia, revitalizando a auto-estima dessas catadoras na questão da feminilidade, do cuidar de si mesma, questões que às vezes ficam um pouco esquecidas. Em alguns casos esse trabalho é a única fonte de renda, mesmo sendo uma atividade informal. O Centro de Atenção Psíquico Social (CAPS) pode dar atendimento de saúde gratuitamente, elas têm esse direito, muitas não sabiam que poderiam se consultar com Ginecologistas, Dermatologistas, Dentistas, Pediatras, Psiquiatras, entre outras especialidades de médicos”, afirmou Fabíola.

Ao final do evento ocorreu um sorteio de um Curso Profissionalizante de Mecânica Industrial, oferecido pelo SINTEC (Sindicato dos Profissionais Técnicos Industriais de Nível Médio do Estado do Rio de Janeiro), unidade Itaguaí. Estiveram presentes o Secretário de Ambiente e Agronegócios, Ademar Quintela, o Secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, Bruno Garbocci e o Chefe da Floresta Nacional Mário Xavier (Horto Florestal), Ricardo Nogueira.

 

Texto: Hudson Glória

Fotos: Levi Oliveira/Luis Calderini