ELEITA NOVA DIRETORIA DO CONSELHO DE MEIO AMBIENTE DE SEROPÉDICA

Nesta quarta-feira (13), 14 membros do Conselho Municipal de Meio de Ambiente de Seropédica (Conmas) participaram de uma eleição para a escolha da nova diretoria que atuará no biênio 2016/2018. Desta vez o regulamento do pleito foi alterado, anteriormente a vaga de Presidente do Conmas era automaticamente direcionada ao secretário municipal de Ambiente e Agronegócios em atividade, fato que não ocorreu na atual eleição.DSC_0005

Concorreram ao cargo de Presidente o secretário municipal de Ambiente e Agronegócios, Ademar Quintella, eleito com 10 votos, e o vereador Max Goulart, que recebeu 2 votos.

Fico satisfeito pelos Conselheiros terem me recolocado no cargo de Presidente, e também em saber que a disputa contou com pessoas capacitadas para exercerem todos os cargos. Creio que, como essa diretoria, o Conselho será mais hábil em suas atividades. Eu era Presidente por efeito de decreto, hoje fui reeleito através de eleição, o que tornou a disputa mais democrática”, comemora o secretário Ademar Quintella.

Para o cargo de Vice-Presidente a disputa foi entre o Procurador-Geral da Câmara de Vereadores de Seropédica, Luís Machado (2 votos), o representante da Ordem dos Advogados do Brasil em Seropédica, André Barbosa (4 votos), e o professor universitário Carlos Domingos, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuralRJ), que foi eleito com 6 votos.DSC_0007

Eleito Vice-Presidente do Conmas pretendo continuar minha luta em prol das causas ambientais de Seropédica. Sonho em implantar definitivamente a coleta seletiva no município”, afirma o professor Carlos Domingos, da UFRuralRJ.

Os cargos de 1º e 2º secretários ficaram respectivamente com Caio Ferreira (secretário municipal de Obras), e Lúcia Helena, representante da Associação de Agricultores dos bairros Coletivo e Santa Alice.

Agradeço a confiança depositada em mim pelos integrantes do Conselho. Continuaremos fiscalizando efetivamente às questões ambientais no município. O Conselho de Meio Ambiente tem um papel fundamental para o desenvolvimento de Seropédica, visto que todos os empreendimentos que queiram se instalar na cidade necessitam do aval do Conmas”, lembra Caio Ferreira.

De acordo com a 2ª secretária eleita, Lúcia Helena, seu objetivo no cargo também é lutar, sob o respaldo legal, para que as diretrizes do Conselho e a legislação ambiental sejam respeitadas em Seropédica.

Por Hudson Glória

Fotos: Luís Calderini